INFORMATIVO

 

ENTENDA UM POUCO SOBRE A LAJE TRELIÇADA

As lajes treliçadas são indicadas para qualquer obra, elas conseguem competir técnicamente e economicamente com todos os outros sistemas de laje (convencional, protendida e maciça) onde os vãos têm, no máximo, 12m (doze metros), além de mais econômicas, requerem menor quantidade de fôrmas e menos escoramentos, além disso são de fácil condução e não exigir mão de obra especializada, resultando em um excelente custo x benefício na construção.. Usualmete empregadas em construções habitacionais e comerciais de pequeno porte, esse sistema construtivo é formado por vigotas de concreto armado, ou apenas trilhos de aço, preenchido por um dos três elemetos: lajotas cerâmicas, de concreto ou de EPS (isopor).  

laje.png

AS MAIORES VANTAGENS SÃO:

- Capacidade de vencer grandes vãos;

- Facilidade em embutir o material hidráulico e elétrico;

- Redução de peso próprio, o que resulta numa estrutura mais resistente;

- Redução na utilização de madeiras;

- Agilidade no cronograma da obra.

ARMADURA TRELIÇADA

A estrutura pré-fabricada de aço, constituído por cinco fios de aço, dois deles dobrados, e todos devidamente posicionados, unidos e soldados por eletrofusão.

A armadura positiva, localiza no banzo inferior das Treliças varia de 4,2 a 8,0 mm; 
A armadura negativa, localiza no banzo superior de 6,0 à 10,0 mm; e
As diagonais de 4,2 a 6,0 mm.

Tendo como altura (h) que varia de 60 a 300 mm, base (b) variando de 80 a 120 mm e passo (p) constante igual a 200 mm.
Podem ser produzidas em comprimentos teóricos que variam de 0,20m em 0,20m.

aço.jpg

É feita de concreto armado, dimensionada por um engenheiro, para resistir às cargas previstas em projeto, e atender às normas da ABNT - Associação Brasileira de Normas Técnicas:

 

   - NBR 6.118/2014 – Projeto de estruturas de concreto – Procedimento; e

   - NBR 9.062/2006 – Projeto e execução de estruturas de concreto pré-moldado.

ESPECIFICAÇÕES

tabela  treliçada.jpg

A primeira coluna mostra os modelos diferenciados pela altura (h) da treliça e suas linhas: leve (L), média (M), reforçada (R) e pesada (P). Exemplo: TB 8M – Treliça Belgo com 8 cm de altura, linha média. A segunda coluna, segundo a NBR 14862, especifica a treliça (TR) discriminando novamente sua altura e, na sequência, o diâmetro dos seus fios.

 

Exemplo: TR 8645 – treliça com 8,0 cm de altura, fio superior ø = 6,0 mm, diagonais ø = 4,2 mm e fios inferiores ø = 5,0 mm.

 

As vigotas são moldadas em formas de chapas metálicas de 3 mm de espessura, dobradas tipo calha, com 12 ou 13 cm de base por 3 cm de altura. Geralmente, para pré-lajes, adota-se a base de 25 cm, e para painéis, base de 1,25 metro.

 

O concreto utilizado nessa base deve atender às especificações das normas NBR 6118, NBR 8953, NBR 12654 e NBR 12655, e sua resistência à compressão será no mínimo de 20 Mpa ou aquela especificada no projeto estrutural, prevalecendo o valor mais alto.

DETALHES

O detalhe abaixo representa uma nervura de lajes com vigotas treliçadas.

perfil.jpg

Outras duas soluções para lajes treliçadas são: pré-laje treliçada com placas de 25 cm e 1,25 metro, recomendadas em obras horizontais de grandes extensões, como shoppings e tabuleiros de pontes, em que a rapidez de execução é condição essencial.

painel.jpg

ELEMENTOS CONSTRUTIVOS E PRINCIPAIS FUNÇÕES

VIGOTA TRELIÇADA, Elemento pré-moldado formado pela sapata de concreto e pela armação treliçada. A armadura longitudinal contida na porção inferior de concreto nas nervuras, resiste os esforços oriundos dos momentos fletores positivos. As diagonais da treliça integram o concreto da sapata ao concreto lançado em obra, tornando o produto acabado, (Laje) perfeitamente monolítico. Elas também resistem às tensões de cisalhamento oriundodo esforço cortante que se avoluma junto aos apoios. Os ganchos de ancoragem participam do processo de ancoragem das lajes nos apoios e exercem fundamental importância quanto à estabilidade global das estruturas. A barra superior da treliça, geralmente tem função apenas construtiva interferindo nas fases de transporte das vigotas treliçadas e no escoramento das lajes. Barras de diâmetros maiores possibilitam distânciasentre linhas de escoras maiores, e diâmetros menores influem de modo contrario.

elemento.jpg

LAJOTA CERÂMICA, Elemento cerâmico cozido com dimensões variadas, exerce função de enchimento nas lajes dando forma às nervuras estruturais .Os revestimentos das lajes treliçadas com argamassa de areia, cal e cimento gozam de espontânea aderência, pois a natureza físico-química dos materiais empregados é compatível com as lajotas cerâmicas, isto é, com natureza cristalina.

bloco.jpg

SUPORTE PARA EPS (LAJOTA SALIENTE), A Lajota Saliente foi desenvolvida especialmente para aplicação em laje mista, onde proporciona inúmeras vantagens: Confiabilidade na montagem da laje, melhora a qualidade térmica e acústica, dispensa aditivos para chapisco e principalmente, mantém o EPS no seu devido lugar evitando estrangulamento das nervuras.

lajota.jpg

EPS (ISOPOR), São intercalados entre as vigotas ou sobre as pré-lajes, e suas funções principais são reduzir o volume do concreto, o peso próprio da laje e servir como forma para o concreto complementar. Não são considerados elementos resistentes a esforços nos cálculos de resistência e rigidez da laje.

eps.jpg

ELEMENTOS DE ENCHIMENTO, Em função das alturas padronizadas dos elementos de enchimento, as alturas totais das lajes pré-fabricadas estão descritas na tabela abaixo:

dados.jpg

TIPOLOGIAS MAIS COMUNS DE LAJES

As lajes pré-fabricadas, é um tipo de laje de concreto composta por vigotas pré-moldadas com armações treliçadas de alturas variadas, em conjunto com elementos intermediários, esse tipo de preenchimento deve ser muito bem escolhido e instalado, caso contrário, há risco de tricas e fissuras. Essas lajes estão divididas em três categorias, são elas: laje painel treliçado, laje treliçada de tijolo cerâmico e laje treliçada isopor (EPS).

02.jpg

Benefícios do uso da Laje Painel Treliçado

 

- Eliminação do elemento de enchimento entre as vigotas, isopor, ou tijolo;

- Possibilidade de fazer uma laje maciça, melhorando a rigidez do conjunto;

- As lajes podem ficar aparentes, podendo dispensar chapisco e reboco;

- Eliminação de formas e redução de escoramento em relação a laje maciça; 

- Trabalhamos com vigotas de 25cm de largura, facilitando o manuseio.

 

Na PRESENCE você encontra o melhor material para a sua construção. Venha fazer um orçamento conosco e começar seu planejamento com segurança e qualidade.

01.jpg

As vantagens do uso da Laje Treliçada de Tijolo Cerâmico, além da sua fácil adaptação em quase todo tipo de projeto, são: 

 

- Melhor aderência ao reboco;

- Elas possuem deformações menores, garantindo assim a ausência de trincas na laje;

- Elas suportam grandes cargas, podendo ser utilizadas em qualquer tipo de estrutura;

- São mais leves em relação a laje maciça e contribuem na diminuição do peso total da laje, aliviando estruturas e fundações;

- São de fácil transporte, rápida execução e escoramento reduzido.

 

Entre em contato conosco e faça um orçamento. A PRESENCE está sempre à disposição de vocês.

03.jpg

Benefícios do uso da Laje Treliçada Isopor(EPS):

- Facilidade na hora de realizar recortes nas tubulações;
- Facilidade de montagem;
- Redução na quantidade de madeira usada na execução das lajes convencionais;
- Mas um dos grandes benefícios está em sua capacidade de isolamento térmico e acústico do ambiente.

Na PRESENCE você encontra os melhores soluções para a sua construção, sempre buscamos a qualidade  para que os nossos clientes possam usufruir deste benefício por um tempo muito maior.Venha fazer um orçamento conosco e começar seu planejamento com segurança e qualidade.

tb 01.jpg
legenda.jpg
tb 02.jpg
legenda.jpg
tb 03.jpg
legenda.jpg
tb 04.jpg
legenda.jpg
tb 05.jpg
legenda.jpg
tb 06.jpg
legenda.jpg
tb 07.jpg
legenda.jpg